Buscar
  • Natália Cangussu

Que todo amor seja leve, mas não tão leve ao ponto de qualquer vento levar.

Você já construiu um castelo de cartas de baralho? Você se lembra o quanto é trabalhoso montar e delicado sustentar? Com um sopro tudo vai a baixo.


E tem muito relacionamento que é assim, é leve, é suave, tem lá sua diversão mas não suporta um sopro.


Eu digo que esses relacionamentos estão entre o Leve e o Raso. Raso por não haver profundidade, por não ter laços intímos. E no raso tudo parece mais fácil e leve mesmo, quase distante.


Que nós tenhamos relacionamentos leves sim, mas profundos. Não se deixe levar pela ilusão da "leveza" do distante, do apatico, do raso. São coisas difrentes mas que podem se confundir.


Que seu leve relacionamento também seja profundo, que não seja leve como uma pluma, senão qualquer vento leva.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo