Buscar
  • Natália Cangussu

Perdoei a traição, e agora?

Para muitos a regra é "traição não tem perdão" e eu entendo. Traição pode ser tão impactante que a escolha é por não dar sequencia ao relacionamento. Mas nem todos pensam assim e muitos optam por continuar com a relação.

Optando por seguir a relação, vejo que o conjugê traído vivencia um conflito de emoções que vão da raiva pelo parceiro, ao medo de perdê-lo e à insegurança de acontecer novamente.

Perdoar envolve a aceitação, e a aceitação surge após a aelaboração da situação de dor. Assim como num luto, aceitação envolve fases de negação, raiva, barganha e depressão para então você elaborar a aceitação da situação. Ou seja, dizer "eu perdoo, vamos continuar" não significa que aí dentro a dor tenha passado.

Sendo assim, quero trazer algumas considerações para te ajudar a refletir sobre o processo de recosntrução da relação após uma traição:


  • Ele te traiu e agora vocês estão passeando felizes, pode ser incômodo vê-lo bem e feliz após ele ter cometido um erro. Fica um sensação de querer puní-lo pelo que ele fez. Então questione-se: você aceita vê-lo feliz novamente?

  • Uma insegurança persistente pode ficar pairando sobre sua cabeça, te levando a ficar vigilante com ele, prejudicando sua tranquilidade questionando o que está fazendo, com quem está conversando, onde vai. Então questione-se: você está preparada para confiar novamente?

  • Não manejar a raiva: agredí-lo verbalmente, fisicamente, hostilidades. Você está pronta para tratá-lo com afeto novamente?

  • Manipulações: já que ele te traiu, então vai seguir suas regras agora, suas preferencias e suas vontades. Será que será saudável?

  • Culpar-se: colocar tudo nas suas costas só vai aumentar a dor. Acreditar que aconteceu porque há algo que falta em você, ou que foi pela sua falta de atenção ao relacionamento, porque a outra pessoa "é melhor"(sic). Ainda que você realmente não tivesse feito algo legal para o relacionamento ou estivesse sendo tóxica, nada justifica ser traída. Cabe o questionamento de como vocês vão lidar com a transparencia e diálogo na relação.

É um momento dificil, de muita confusão emocional, muitas emoções em ebulição; é como trocar o pneu do carro com o carro em movimento. Já presenciei muitas relações que se constituíram após uma traição. A intenção, maturidade e disponibilidade do casal é o que pode dizer do sucesso ou fracasso da relação. .







3 visualizações0 comentário